Como viver no momento presente e sair o piloto automático?

Com a era da distração em que vivemos hoje – sendo o celular a principal delas – tornou-se parte da rotina perceber falta de concentração e de foco em momentos importantes do dia, tanto no trabalho, quanto em casa. Manter-se plenamente atento e viver o momento presente tornou-se um desafio que precisa ser superado constantemente. 

Vejamos se você se identifica com alguma das afirmações a seguir: 

⇢ Está constantemente pensando no futuro; 
⇢ Toma suas decisões baseadas sempre no passado;
⇢ Suas reaçōes a situaçōes e conversas são sempre reativas e críticas;  
⇢ Quando menos percebe esqueceu aquilo que tinha que fazer, está o tempo inteiro distraído? Está lendo um livro, mas quando percebe está há 10 minutos sem virar a página?

Se identificou com alguma? Todas elas são consequências de viver a maior parte do nosso tempo no modo piloto automático. Apesar de ele ser necessário em algumas situações, pode impedi-lo de viver no momento presente.

O conceito aqui do Thank God It’s Today é justamente valorizar o hoje, porque ele é tudo o que realmente temos. Por isso, estar consciente e aprender a reduzir o piloto automático no dia a dia é tão importante para uma vida com mais propósito. 

Aqui embaixo você pode dar play no vídeo que fizemos sobre como viver o momento presente e sair do piloto automático.

Saia do default mode

Quando estamos conscientes no hoje e naquilo que estamos fazendo, não somente de corpo-presente, nossas ações ganham outro significado. Pelo lado prático, o aumento de atenção afeta diretamente a produtividade, que tem muito mais qualidade quando estamos realmente presentes no que fazemos. 

Existem diversas maneiras de driblar o piloto automático na sua rotina e viver no momento presente e aqui no artigo você vai encontrar uma prática que pode ser aplicada em qualquer situação para resgatar a sua consciência.  

Mas antes, vamos entender melhor o que é o piloto automático e como ele afeta a sua vida e sua habilidade de liderar.

O piloto automático

O cérebro é o órgão do corpo que mais precisa de energia – não à toa, já que ele controla todo o restante. Por isso, está constantemente buscando reduzir o gasto energético.  

Uma das maneiras de fazer isso é colocar em “segundo plano” algumas tarefas que executamos, em especial as mecânicas e mais repetitivas. 

Alguns exemplos que você com certeza vai encontrar no seu dia a dia: 

⇢ Fazer o caminho para o trabalho e só perceber quando chegar ao seu destino. 
⇢ Trancar seu carro ou casa e depois se questionar se realmente fechou a porta – quem nunca conferiu mais de uma vez, só para garantir?
⇢ Realizar alguma tarefa repetitiva no trabalho sem realmente estar prestando atenção.

Apesar de esses exemplos serem muito comuns e conhecidos, as bases neurológicas que explicam o fenômeno do piloto automático não eram conhecidas até a publicação deste estudo em 2017.

Todas essas situações diárias são feitas no piloto automático para que o cérebro economize energia. Estabelecer hábitos e rotinas também é uma maneira de diminuir esse gasto. 


Leia mais

Como desenvolver a inteligência emocional no trabalho?

5 livros sobre propósito que li e você também precisa ler

Meditação e equilíbrio: prática é alternativa para alcançar foco e clareza


Quando passamos muito tempo executando as tarefas no automático é muito comum que haja interferência também em situações nas quais precisamos estar conscientes. Quem nunca se distraiu em meio a uma reunião longa? Ou inconscientemente pegou o celular durante uma conversa importante com alguém?

Estar distraído a maior parte do tempo, como líder, pode afetar o desempenho da sua equipe. Quando se está no piloto automático, os feedbacks podem ser prejudicados, assim como a possibilidade de reconhecer o bom trabalho que está sendo realizado.

Não só o trabalho é afetado pelo piloto automático. Até mesmo algumas das nossas decisões de vida mais importantes correm o risco de serem tomadas sob a sua influência se não nos mantivermos atentos para viver no momento presente. 

Como viver no momento presente e sair do automático

Em outras palavras, como, então, buscar uma rotina com mais consciência, pessoal e profissional? A dificuldade em se concentrar e focar em uma única coisa não é mais exclusividade de ninguém. 

O mundo mudou e exige cada vez mais rapidez nas nossas respostas e reações. Mas será que não deveríamos, em vez disso, buscar desacelerar para aumentar a qualidade de tudo o que fazemos?

O piloto automático nos influencia a ter uma resposta imediata para tudo. Ainda que ela não seja a melhor possível, normalmente é a que oferecemos. Isso acontece por não estarmos acostumados a parar e pensar no que fazer a seguir.

O neuropsiquiatra Viktor Frankl explica que “entre o estímulo e a reação há um espaço. Neste espaço está nosso poder de escolher nossa resposta e na nossa resposta está nosso crescimento e nossa liberdade”. 

Muitas vezes nos encontramos reféns das respostas imediatas quando o resultado alcançado poderia ser muito melhor se conseguíssemos aumentar esse espaço entre estímulo e reação.

Para que você consiga sair do piloto automático com mais frequência no dia a dia. Especialmente em situações que requerem atenção plena e total, realize a micro-prática de 3 respirações conscientes.

Em tudo o que você for fazer, faça essas 3 respirações. Antes de entrar em uma reunião, ao de chegar em casa ou quando precisa ter uma conversa difícil com qualquer pessoa. 

Essa técnica nos ajuda a nos conectar ao momento presente, com clareza e intenção. Vivemos apenas reagindo e na distração. Portanto, ao fazer essas respirações conscientes, trazemos o nosso foco e atenção para viver o momento presente com plenitude. 

3 respirações conscientes

Na 1ª respiração: o foco deve ser o próprio ato de respirar. Preste atenção no caminho do ar durante a sua inspiração e expiração.

Na 2ª respiração: o foco deve ser no corpo. A sensação de estar na posição em que se encontra, do ar entrando e saindo dos pulmões.

Na 3ª respiração: o foco deve ser a sua intenção e o que é realmente importante neste momento.


A respiração e a retomada da consciência é uma das técnicas que nos ajudam a viver o momento presente. Quer ir além das 3 respirações e começar a desenvolver a sua atenção plena hoje? Baixe agora a minha prática de mindfulness gratuita!

Gostou? Então comente, compartilhe e ative as notificações clicando no sininho ali no canto para receber novos textos em primeira mão no seu e-mail. Você também pode fazer parte da nossa lista VIP do WhatsApp! Mande “Sou VIP” para o número +55 11 99819-2758 e tenha no seu celular as novidades do TGI Today!

Atualizado em

Comentários


Lígia Costa é empresária e especialista em planejamento.

LIGIA COSTA

Sou formada em Marketing pela Universidade Mackenzie, pós-graduada em Gestão Organizacional e em Relações Públicas pela Universidade de São Paulo (USP).

Saiba mais

Você está aqui porque acredita que hoje é o grande dia


É novo por aqui?

Faça parte do TGI Today