5 dicas para lidar melhor com vieses inconscientes

Por mais que não queiramos admitir, os vieses inconscientes influenciam a maioria das nossas decisões no dia a dia.

É uma afirmação intrigante de se pensar, especialmente se você é alguém a favor da diversidade e inclusão, mas, psicólogos afirmam que todos nós, sem exceção, temos vieses (preconceitos).

Precisamos lembrar que os preconceitos podem acontecer em relação a qualquer coisa, não apenas “raça” ou etnia, embora esses sejam os mais divulgados.

Podemos ter vieses em relação a gênero, deficiência, peso, estética, orientação sexual, religião e várias outras características, até nacionalidades.

Você nunca vai ouvir alguém dizer: “sou preconceituoso!”, isso porque, em sua maioria, o viés é inconsciente e ele acontece fora da nossa percepção.

Ou seja, ele é tipicamente um estereótipo aprendido, automático e, principalmente, não intencional.

É aí que mora o perigo! Muitas vezes não enxergamos e ele pode estar tão arraigado sistematicamente que altera nosso comportamento e como interagimos com as pessoas.

Identificando os preconceitos inconscientes

O primeiro passo é ter consciência de que eles existem e podem afetar todas as áreas da sua vida. Pesquisar sobre os vieses mais comuns é um ótimo começo.

Um segundo passo é ficar atento, constantemente, aos seus pensamentos. Observe, por exemplo, se quando você acha uma pessoa bonita, provavelmente, pensa que ela é inteligente e carismática.

O contrário também pode acontecer! Às vezes, podemos achar alguém não tão bonito e, inconscientemente, acreditamos que ele (ou ela) não tenha tantos talentos.

Já sabemos que não dá para generalizar com foco em uma característica específica de personalidade ou aparência baseando em nossas crenças, até porque, beleza é um conceito muito próprio, mas isso acontece todos os dias com todos nós, e nem nos damos conta.

Esse é só um exemplo, mas agora pode lhe dar uma ideia melhor de como os vieses inconscientes podem nos afetar.

Existem dezenas deles, porém, o melhor é voltar sua atenção para o que pode ser feito, especificamente, para reduzir as chances de sua vida ser liderada por eles.

5 dicas práticas para lidar com os vieses inconscientes

Como a gente já comentou, todas as pessoas têm vieses inconscientes. Mas ainda são poucas aquelas que reconhecem isso e menos ainda as que tomam atitudes para mudá-los.

Por isso, aqui embaixo separei 5 dicas para que você lide melhor com esses vieses inconscientes no seu dia a dia.

1) Reconheça que eles existem

Bem, se você está aqui lendo este texto, significa que o primeiro passo já foi dado! Você reconheceu que na sua vida e no seu olhar existem vieses inconscientes.

O primeiro passo para solucionarmos qualquer questão é entender que ela existe. Sem a consciência de que vieses estão presentes em tudo, é impossível promover a mudança.

2) Faça testes para identificar seus vieses inconscientes

Testar a si mesmo para descobrir quais de suas percepções individuais têm maior probabilidade de serem governadas por vieses é um bom segundo passo.

Assim, é possível determinar em quais aspectos os vieses estão mais presentes para você e agir ativamente para mudá-los. Existem alguns testes gratuitos na web, clique para ver.

3) Aja para evitar que se manifestem

Sabendo dessas informações, estabeleça medidas proativas para tratá-las pessoalmente.

Ao saber quais vieses têm maior probabilidade de se manifestar, você pode tomar providências para garantir que todos sejam considerados quando decisões importantes forem tomadas.

4) Esteja sempre atento e atenta

Fique atento o tempo todo. É importante prestar muita atenção em seus pensamentos, pois a descoberta de “novos” vieses é constante.

O processo de reconhecimento e diminuição de vieses inconscientes nunca acaba. Precisa estar sempre acontecendo, seja na vida profissional ou pessoal.

Por isso, leituras sobre o tema, assim como acompanhar pessoas diversas dentro e fora da sua área de atuação são boas práticas para reconhecer vieses que antes nem se imaginava que estavam ali.

5) Assuma sempre a responsabilidade

Sabendo que ações falam mais alto que palavras, seja sempre responsável pelas escolhas que fizer.

Se perceber que tomou alguma decisão ainda muito influenciada por algum viés, respire fundo, aprenda com a situação e recomece. Deixemos claro que nossos vieses inconscientes não precisam ser permanentes.

Embora seja impossível erradicar completamente, de uma perspectiva positiva, quanto mais cedo percebermos nossa realidade – e tomarmos medidas proativas para superar os preconceitos que nos impedem de crescer e avançar – mais fortes, sábios e inclusivos seremos.


KEILA MOTTA é comunicóloga multimídia apaixonada por tecnologia e inteligência de marketing. Sempre em busca de si mesma focada no propósito de ser elo para ampliar os diversos aprendizados.

Quer aprender mais sobre liderança com equanimidade e compaixão? Inscreva-se na lista de espera para as turmas do Woman Leadership Academy 2021 clicando aqui!

Atualizado em

Comentários


Lígia Costa é empresária e especialista em planejamento.

LIGIA COSTA

Sou formada em Marketing pela Universidade Mackenzie, pós-graduada em Gestão Organizacional e em Relações Públicas pela Universidade de São Paulo (USP).

Saiba mais

Você está aqui porque acredita que hoje é o grande dia


É novo por aqui?

Faça parte do TGI Today