Trabalhar com propósito: expectativas e realidade

Chegamos em uma nova era onde as empresas de hoje são alimentadas por paixão e propósito, não apenas pelo dinheiro.  Trabalhar com propósito deixou de ser privilégio e passou a fazer parte da busca pela felicidade de muitas pessoas. 

O capitalismo baseava-se na ganância, no egoísmo e na exploração de consumidores, funcionários, sociedade e meio ambiente com o objetivo de lucrar ao máximo.

Hoje, falamos de um capitalismo mais consciente, onde trabalhar com propósito e ter responsabilidade  é essencial. Busca-se o equilíbrio entre a lucratividade e a consciência social para se fazer o bem no mundo.

A partir do momento em que as empresas conseguirem este equilíbrio, estiverem com seus propósitos bem definidos, a felicidade será consequência natural.

Em 2011, o Gallup conduziu um estudo sobre a felicidade humana em 155 países. Jim Clifton, presidente e CEO do Gallup, comentou: “O que todo mundo quer é um bom trabalho. Essa é uma das descobertas mais importantes que o Gallup já fez”. O ser humano costumava desejar amor, dinheiro, comida, abrigo, segurança, paz e liberdade.

A pesquisa revelou que o principal fator para alguém ser feliz não é a riqueza. A partir de certo nível, o acúmulo de bens materiais não exerce efeito nenhum. O fator apontado como número 1 é “um bom trabalho”, que tenha significado e que seja compartilhado com colegas que se importam com isso! Trabalhar com propósito se tornou o principal ingrediente na fórmula para a felicidade.

Mas, afinal, o que é trabalhar com propósito?

Trabalhar com propósito é descobrir que você não está simplesmente trocando o seu tempo por dinheiro. Todo mundo anseia por significado e propósito na vida.

Infelizmente, hoje em dia, o nível de envolvimento pessoal e emocional do indivíduo com o trabalho remunerado é extremamente baixo. A ausência de propósito resulta nos altíssimos índices de insatisfação no trabalho que vemos hoje.

Trabalhar com propósito é se sentir feliz enquanto realiza as suas tarefas. É quando percebemos que o nosso trabalho está alinhado a nossas paixões. Por exemplo, para um chef de cozinha, ter a oportunidade de trabalhar no restaurante SAL do Chef Henrique Fogaça é muito gratificante.

Trabalhar com propósito tende a transformar o trabalho em mais do que somente um emprego ou uma carreira. Você compreende que o seu talento está a serviço de algo no qual você acredita.

Quando nos sentimos úteis, temos reconhecimento profissional e somos flexíveis frente a um conflito de interesses ,acreditar que existe uma relação de confiança, respeito. Isso é um trabalhar com propósito.

Valores compartilhados também são sinônimo de trabalhar com propósito. Quando a visão, missão e valores da empresa estão alinhados com o seus próprios. Quando a comunicação é efetiva e clara por parte do empregador e do empregado.  

Como saber se a carreira que você está construindo está alinhada à sua busca pela felicidade?

Percebemos todos os dias como estamos ao nos levantar e ir trabalhar. Se você sente que está sofrendo, que está cansado e não quer acordar, pensando que, quando chegar na empresa, o seu tempo não vai passar…

Estes são sinais claros de que você provavelmente está infeliz com a sua carreira. Em algum momento terá que tomar alguma atitude para sair deste estado insatisfação.

Por outro lado, se você sente que está sempre querendo aprender mais, inovar, é curioso, sempre  colaborando e contribuindo. Quando você sente que pertence ao espaço e percebe que sua energia está em alta… Perfeito, a carreira que você está criando está totalmente aliada a sua felicidade!

Construir uma carreira apenas focada no retorno financeiro é uma empreitada fadada ao fracasso. Uma pesquisa americana feita com 1.500 pessoas que cursavam MBA pediu que elas relatassem as prioridades em suas escolhas profissionais.

83% optaram pelo emprego em função do salário. Os 17% restantes optaram por aquilo que mais lhe dava prazer, independente da perspectiva financeira. Vinte anos depois, Albion* foi verificar como estava a carreira destes profissionais.

Dos 1.500 entrevistados, 101 tornaram-se milionários. Desses, apenas 1 pertencia ao grupo que fez sua escolha orientada pelo dinheiro, todos os demais viraram milionários por trabalharem com aquilo que lhes dava satisfação.

Almejando o propósito antes do lucro: como aplicar isso no ambiente corporativo?

O melhor exemplo para analisarmos são as startups. Quando iniciam suas operações, a grande maioria tem clareza em algumas questões fundamentais.

“Qual o problema que queremos solucionar”, “por que existimos”, “qual a contribuição da nossa empresa para impactar positivamente a sociedade”. Todas essas são perguntas que uma startup sabe responder com propriedade.

O propósito vem antes da estratégia. A causa, a razão da sua existência é maior do que simplesmente o retorno financeiro.

Posso citar como exemplo inúmeras empresas, dentre as quais está a Home Agent, o primeiro call center no Brasil onde o atendimento é feito na casa dos próprios operadores. O propósito da Home Agent é oferecer serviço de qualidade proporcionando a possibilidade de seus funcionários trabalharem de suas próprias casas.

A Avante é outro exemplo, surgindo para levar microcrédito e outros serviços financeiros exclusivamente às favelas brasileiras. O fundador da empresa também quer incentivar o empreendedorismo na base da pirâmide social.

O propósito da Disney, por exemplo, é proporcionar a imaginação a serviço da felicidade de milhões de pessoas.

Lógico que todas as empresas precisam ser sustentáveis e a consequência de uma operação bem sucedida é exatamente a rentabilidade, mas empresas conscientes vão além e provocam transformações de impacto social.

Como fazer com que funcionários enxerguem o seus respectivos propósitos no trabalho que exercem?

Esteve recentemente no Brasil para lançar seu livro Satish Kumar, fundador da escola Schumacher, que disse: “Don’t look for a job, create your own job”. Em tradução livre, “Não procure por um trabalho, crie o seu próprio”.

As palavras de Satish deixam claro que chegou o momento dos indivíduos assumirem sua auto responsabilidade com relação ao propósito de vida. O autoconhecimento, a visão sobre suas habilidades, interesses, talentos e paixões são o primeiro passo para você saber se está no caminho certo. E se você ainda não sabe qual é a sua carreira ideal, o TGI Today te ajuda a descobrir com um teste rápido!

Enquanto as pessoas continuarem delegando seus poderes aos outros e não forem responsáveis pelos seus caminhos profissionais, continuaremos vendo pessoas sendo desviadas do seu propósito e infelizes.

Por outro lado, as empresas têm grande responsabilidade e precisa deixar claro o propósito corporativo para todos os níveis organizacionais saberem o que é trabalhar com propósito. Grandes multinacionais compartilham publicamente seus propósitos.  Temos o exemplo do CEO da PepsiCo, Indra Nooyi, que tem enfatizado o lema “performance com propósito”, investindo pesadamente em bebidas e produtos mais saudáveis para seus clientes.

Através de clareza de comunicação e interesses comuns, conexão e empatia, empresas e funcionários podem caminhar juntos e entender que os propósitos tanto da empresa, quanto do funcionário, precisam caminhar em paralelo para que ambos atinjam seus objetivos.

O mundo mudou, as pessoas mudaram e os modelos de negócio devem acompanhar essa mudança.


Treinamento gratuito para iniciar sua transição de carreira! Acesse agora!

Gostou? Então comente, compartilhe e ative as notificações clicando no sininho ali no canto para receber novos textos em primeira mão no seu e-mail. Você também pode fazer parte da nossa lista VIP do WhatsApp! Mande “Sou VIP” para o número +55 11 99819-2758 e tenha no seu celular as novidades do TGI Today!

HUGS & KISSES
Ligia Costa

Atualizado em

Comentários


Lígia Costa é empresária e especialista em planejamento.

LIGIA COSTA

Sou formada em Marketing pela Universidade Mackenzie, pós-graduada em Gestão Organizacional e em Relações Públicas pela Universidade de São Paulo (USP).

Saiba mais

Você está aqui porque acredita que hoje é o grande dia


É novo por aqui?

Faça parte do TGI Today