Por que você faz o que faz? Entrevista com João Pacífico

Fama, poder e dinheiro não vai fazer você feliz. Por que você faz o que faz?

João Pacífico, é fundador do Grupo Gaia, Autor do Livro Onda Azul e influenciador digital com mais de 430 mil seguidores no Linkedin. 

O grupo Gaia tem 11 anos hoje é considerado o maior grupo especialista em securitização do mercado com mais de 18 bilhões de operações realizadas.

Em nosso bate papo, João provoca a Reflexão: “Qual o conceito de lucro? Será que vale a pena investir em uma empresa que terá um lucro grande, mas faz mal para o planeta, o meio ambiente, para o seu pai?”

Veja a entrevista completa: 

Neste bate papo inspirador, João Pacífico, meditador há mais de 10 anos de maneira formal e praticante de yoga, compartilha seus aprendizados ao longo de 20 anos de profissão. 

Seu interesse e estudos sobre sobre felicidade iniciaram-se por uma necessidade em atrair talentos para trabalharem na Gaia no início da formação da sua empresa. Hoje milhares de pessoas desejam fazer parte da sua equipe em função da liderança e dos valores da Gaia. 

Por que você faz o que faz? Felicidade

“Qual foi a primeira estratégia que eu tive? Comecei a estudar felicidade e investir na felicidade das pessoas que trabalham comigo. Aplicando isso dentro de casa, conseguimos atrair grandes talentos. As pessoas querem trabalham com a gente pelo nosso propósito e querem fazer parte desse sonho e construir junto” diz João Pacífico.

Atualmente existem inúmeros estudos que analisam o bem estar e o que faz uma pessoa ser feliz em sua vida profissional e pessoal. Veja o estudo de Harvard mais longo da história que foi apresentado no TED pelo Robert Waldinger.

Um dos seus grandes objetivos profissionais é estimular o questionamento e a transformação de como as coisas são. “Quero fazer com que as empresas e os líderes reflitam e façam as coisas de forma diferente da que era usada antes. Não é muito o que você faz, o como você faz, mas por que você faz”, explica ele.

Muitos ainda acreditam que falar sobre felicidade é utopia e não um objetivo real, que guia nossas vidas. Para João, isso vem muito de como nosso cérebro e a sociedade funciona.

“O nosso cérebro é muito ruim para prever o que nos faz feliz. O cérebro e o meio em que estamos nos engana com a ideia de que dinheiro, poder e dinheiro vai nos fazer feliz. Muita gente chega até lá e percebe que tem um vazio. Se você olhar a sua conta e ter um monte de dinheiro, mas não ter amigos, família e está sendo pressionado, você para pensa e reflete: ‘até onde vale a pena chegar ao final da carreira e pensar tou triste, tou sozinho’. Vale a pena?”, completa João.

João Pacífico credita a humildade e a garra como seus principais valores. É considerado o executivo que está mudando o mercado financeiro com a gratidão, segundo a Veja. Os Gaianos, (funcionários da Gaia) têm clareza e estão alinhados com os 10 valores da sua empresa como sendo pilares essenciais de alinhamento e cultura. 

Gratidão é o primeiro deles. Sermos gratos e cultivarmos uma visão mais positiva são treinos mentais poderosos para o cultivo do bem estar e a felicidade. Iniciativas que contribuem com esse olhar são oferecidas de maneira voluntária dentro da empresa para toda a equipe.

“O que a gente tem que fazer é parar, refletir e começar a se questionar. Por que isso? Será que é? Quando você começa a se aprofundar, você vê que a vida é diferente do que pensava, começa a criar uma consciência, a se conhecer e ver o que te faz feliz de verdade. Começar a olhar o lucro como uma consequência e não como o objetivo”, conta João.

“Vá atrás de pesquisas e questione sobre a importância do autoconhecimento, de meditação e tudo que trouxemos nessa conversa, não precisa acreditar na gente. Queremos apenas compartilhar nossa experiência e encurtar caminhos já comprovados pela ciência”, diz João como recado a quem ainda enxerga o equilíbrio, a busca pelo bem estar e felicidade como sendo uma utopia. 

A meditação ajuda a gente a ter uma vida melhor. Medito e faço yoga. Sinto mais bem estar, clareza nos pensamentos e a prática e me ajuda a ter mais ideias” diz João.

Neste momento de pandemia, ele apoia e promove encontros diários com práticas de meditação aulas de Yoga online não obrigatória para todos os funcionários.

Além do mercado financeiro, João tem projetos sociais na área de educação e também se preocupa com saúde mental das crianças do nosso país. “Não adianta dar conteúdo se as crianças estão emocionalmente doentes”.

Vocês unem grandes especialistas para aplicar nas crianças e jovens ferramentas de prevenção de ansiedade e depressão e promoção de bem-estar e resiliência. A Gaia+ já beneficiou milhares crianças e jovens pelo Brasil.

Veja a entrevista completa:

Programa POPE

Espero que você goste desta entrevista e conteúdos que deixamos para você. Deixe seu comentário, feedback e pergunta para que possamos falar ainda mais sobre Inteligência Emocional, Meditação e Saúde Mental no mercado de trabalho.

Obrigada João Pacífico que nos ofereceu seu tempo para trazer o seu olhar e experiência pessoal aos alunos da Graduação da FGV EESP.

O Programa POPE (Programa de Orientação Profissional e Emocional), sob a coordenação da Dr. Karen Scavacini, do Instituto Vita Alere, tem sido implementado na universidade desde 2019 com o objetivo de preparar alunos através de cuidados da saúde mental, desenvolvimento de inteligência emocional, meditação e orientação de carreira para que eles sejam grandes e bem sucedidos no que escolherem fazer. Fazem parte deste programa: Asec, TGI Today e Cia. de Talentos.

Atualizado em

Comentários


Lígia Costa é empresária e especialista em planejamento.

LIGIA COSTA

Sou formada em Marketing pela Universidade Mackenzie, pós-graduada em Gestão Organizacional e em Relações Públicas pela Universidade de São Paulo (USP).

Saiba mais

Você está aqui porque acredita que hoje é o grande dia


É novo por aqui?

Faça parte do TGI Today