Como lidar com fake news e irritação no isolamento?

Como reagir a fake news e irritação neste momento? Hoje eu vou trazer aqui para vocês a opção.

Você pode simplesmente reagir de imediato a uma situação ou você pode parar e agir de forma consciente.

Por que fake news e irritação e a TV e a mídia trazem tantas notícias negativas?

O nosso cérebro reage a situações de estresse congelando. Toda vez que tem essa informação, a parte reptiliana, que é a parte de todas as nossas gestões de emoção, nossa amígdala congela.

A mídia obviamente utiliza-se deste tipo de linguagem para aumentar o seu ibope. Então presta atenção.

Assista ao vídeo abaixo e confira minhas dicas.

Eles não mostram só notícias negativas porque eles são bonzinhos. Eles têm interesse em aumentar o ibope e causar o pânico.

Escolha como reagir a fake news e irritação

Porque quando a gente tem pessoas não conscientes na nossa sociedade, a gente faz o quê? Reações imediatas, nós somos robôs.

A gente simplesmente obedece àquilo que é dito. Simplesmente ativa a parte mais primitiva do nosso cérebro para que a gente congele e fique ali assustado, com medo, com estresse, com ansiedade.

Aí tudo o que for dito vai ser aceito. Porém existe uma forma de a gente fazer diferente.

Existe uma forma de nós, indivíduos e humanos, sermos mais conscientes.

Para quê? Para que a gente não reaja, a gente não congele e fique ali paralisado com tudo o que é dito. Mas que a gente possa agir com mais consciência, com mais discernimento.

Para isso a gente precisa trabalhar a nossa inteligência emocional. A gente precisa passar a trabalhar a parte do nosso cérebro que é a parte executiva, a parte do discernimento, a parte consciente.

E isso a gente trabalha através de meditação. Mas eu queria ir além. Eu falei para vocês aqui sobre fake news e pessoas que nos irritam. Tem mais.

Toda vez que a gente enfrenta uma situação de altíssimo, altíssimo estresse, primeiro, eu posso congelar.

Ou uma pessoa que falou algo que eu não concordo. O que eu quero? Matar essa pessoa. Eu quero ir lá e falar: “Some daqui”.

Isso também é uma baixa inteligência emocional porque eu estou simplesmente reagindo àquele fato, de novo a minha amígdala foi capturada.

Eu simplesmente reagi àquele fato. A mesma coisa quando eu vivencio em algum momento onde eu falo “Nossa, vergonha alheia”.

Olha ali aquela pessoa, fazendo aquela cena. No supermercado, roubando o álcool em gel de todo mundo.

O que eu quero fazer? Primeiro eu quero matar aquela pessoa ou eu tenho uma vergonha, eu quero fugir daquele lugar e falo “aquele cenário não me pertence”.

Isso faz com que a gente, ser humano, seja cada vez menos racional, a gente esteja apenas reagindo a fatos.

Aí está a grande oportunidade que nós temos neste momento, que é de treinar a nossa inteligência emocional.

Meditação e inteligência emocional

Pausar frente a todas essas situações que têm acontecido e passar a reagir de forma mais consciente. Só que isso não é do dia para noite.

Exige treino mental. Dentro da linha de trabalho que eu desenvolvo, dentro de treinamentos, práticas frequentes de meditação.

Você pode começar hoje, com a minha série de meditações para iniciantes no YouTube.

Para que você vá construindo cada uma das etapas do seu autodesenvolvimento, você não só será autoconsciente, mas também reagirá a fatos e situações de forma consciente e com escolhas mais coerentes

Na verdade, nós somos humanos, a gente pode, sim, reagir de forma mais consciente. Então depende de você.

O quanto você quer investir em si próprio, no seu autodesenvolvimento, no seu conhecimento.

Para que você seja cada vez mais consciente, haja com este olhar mais de humanidade, de bondade, de compaixão, de prosperidade e abundância.

E menos com este olhar irracional, de sobrevivência, de escassez e de falta.

Compartilhe com outras pessoas. Deixe a sua pergunta e participe dos nossos treinamentos.

Porque com isso a gente vai poder fazer todo esse desenvolvimento e trabalhar essa neuroplasticidade para que o nosso cérebro nos ajude, trabalhe a favor da gente.

Que possamos fazer as escolhas mais conscientes, sair desse piloto automático, sair de impulsos e reações para poder agir com mais amor e sabedoria.


Desenvolva sua atenção plena hoje! Clique aqui e baixe gratuitamente nossa prática de atenção plena.

Faça parte da nossa lista VIP do WhatsApp! Mande “Sou VIP” para o número +55 11 99819-2758 e tenha no seu celular as novidades do TGI Today! 

Hugs & Kisses
Ligia Costa

Atualizado em

Comentários


Lígia Costa é empresária e especialista em planejamento.

LIGIA COSTA

Sou formada em Marketing pela Universidade Mackenzie, pós-graduada em Gestão Organizacional e em Relações Públicas pela Universidade de São Paulo (USP).

Saiba mais

Você está aqui porque acredita que hoje é o grande dia


É novo por aqui?

Faça parte do TGI Today